O que é necessário em um currículo de TI?

O que é necessário em um currículo de TI?

 

O currículo é, geralmente, o primeiro contato que um potencial empregador tem com você. Imagine que a cada processo seletivo, os recrutadores têm de ler e analisar dezenas, às vezes centenas de candidatos. Se você consegue montar um documento claro, que lista sua experiência, sua capacitação e principais habilidades, dá um passo à frente e se destaca frente à concorrência.

Os profissionais costumam cometer erros básicos que podem diminuir suas chances de chamar a atenção, de ser convocado para uma entrevista e, finalmente, de conseguir a vaga. Deixam de prestar atenção a detalhes que podem ser decisivos dentro de um processo seletivo disputado. É verdade que a área de tecnologia da informação tem contado com uma abundância de vagas, uma das poucas a não sofrer com os efeitos da crise econômica. Mas para conseguir as melhores vagas, é preciso, em primeiro lugar, de um currículo bem feito.

O profissional deve saber se apresentar de maneira que mostre à empresa porque ela deve contratá-lo. Mas o que um bom currículo de TI tem? O que se deve ou não colocar no perfil que será entregue aos recrutadores? Veja a seguir como montar um currículo competitivo e ficar um passo à frente da competição.

 

Seja breve e objetivo

Nunca se esqueça: seu currículo não será o único analisado. Por isso, quando for se apresentar, tente ser objetivo e listar aquelas habilidades e formações que serão mais relevantes para seu "leitor". Mencione o nome das instituições. Caso tenha o domínio de idiomas estrangeiros, inclua também essas informações, além de especialidades (treinamentos e ferramentas). Acima de tudo, seja o mais breve possível. Textos grandes demais podem cansar os recrutadores e, assim, diminuir suas chances. Tamanho aqui é, sim, documento, então não escreva mais do que um parágrafo. Por isso, se sua lista de qualificações e experiências for grande, priorize o que for mais importante para a empresa para a qual você está se candidatando.

 

Liste os projetos dos quais já participou

A experiência profissional pode ser um problema para quem está começando na área de TI. Muitas vezes, um bom profissional tem o que mostrar, mas pode ser deixado de lado por nunca ter estado empregado de fato. Por isso, não se esqueça de incluir em seu currículo os projetos nos quais esteve envolvido. Explique bem o que você fez, suas responsabilidades e que habilidades usou ou desenvolveu. Isso pode fazer a diferença para mostrar a um recrutar que, apesar de não ter experiência formal, você está preparado para lidar com os desafios profissionais que a vaga exige.

 

Priorize o que é relevante para o empregador

Ao longo de sua carreira, um profissional de TI acumula uma série de capacitações, cursos e certificados. Embora seja tentador colocar todos no currículo, é preciso pensar bem. Será que essas qualificações são relevantes para o cargo e a empresa onde você pretende trabalhar? Antes de colocar tudo na lista, faça uma seleção daquilo que será mais importante para conseguir aquela vaga específica. Currículos longos e sem objetividade podem ser rapidamente descartados pelos recrutados. Por isso, é preciso pensar bem no que pode ou não atrair a atenção do empregador.

 

Cuidado com o acabamento

Esse é um erro bastante comum e muito grave. O profissional tem um currículo invejável, é altamente qualificado, muito experiente, mas peca na ortografia e na apresentação de seu CV. Erros são fatais para as chances de um candidato. Não dê sopa para os erros: cheque várias vezes seu currículo antes de envia-lo. Se for possível, peça para que amigos e familiares leiam o documento. Eles podem ajudar você a encontrar pequenos erros. Outro "pecado" é apresentar um currículo poluído, difícil de ler. É claro que você não precisa ser especialista em design, mas é preciso que o CV seja minimamente legível. Caso esteja inseguro, procure modelos na internet ou no seu programa de processamento de texto.

 

Atenção à ordem

Geralmente, os recrutadores da área de TI preferem que os currículos que recebem tenham os seguintes itens, nessa ordem de aparição: (1) dados pessoais devem incluir maneiras de contatar o candidato; não coloque seu endereço nem o nome dos pais; (2) diga, em poucas palavras, qual é seu objetivo profissional; colocar mais de um mostra que você não tem clareza do que deseja; (3) liste os idiomas que domina e em que nível de proficiência consegue utiliza-los; (4) em seguida, diga onde se formou; (5) faça uma lista dos certificados relevantes para o cargo desejado; (6) descreva brevemente seu perfil profissional, citando experiências anteriores e habilidades (mas fuja dos clichês na hora de se descrever); (7) então, liste as empresas por onde passou e os cargos que ocupou; (8) por fim, conte quais cursos e capacitações você fez.

 

Estude a empresa

Antes de montar e revisar seu currículo, passe um tempo estudando a empresa onde pretende trabalhar. Quais são seus clientes? Qual é sua principal área de atuação? Que tipo de profissional ela costuma contratar? Quanto mais informação você tiver a respeito do seu potencial futuro empregador, mais saberá a respeito do que ele busca em um profissional. E, assim, você conseguirá montar um currículo atraente e compatível com o que os recrutadores esperam de um bom candidato.

 

Estude o cargo

Depois de entender o que faz a empresa, tente entender como é o cargo para o qual você está se candidatando? O que o profissional nessa posição faz? Qual é seu papel dentro da empresa e com os clientes? Quais são as qualificações que ele costuma ter? Quais certificados e experiências são comuns entre aqueles que já trabalham nessa função? Essa é a melhor maneira de entender se, em primeiro lugar, você tem os requisitos necessários para concorrer à vaga. Em segundo lugar, você saberá o que precisa destacar (e omitir) em seu currículo para ter sucesso na fase de triagem e ser convocado para as fases posteriores da seleção. De quebra, você já estará se preparando para as entrevistas, uma vez que poderá antecipar algumas das perguntas feitas pelos recrutadores.

Siga-nos

       

 

Contato:

 SIA/SUL Trecho 03 Lote 990,  Cobertura - Edifício Itaú

 CEP: 71.200-030 - BRASÍLIA/DF

 +55 (61) 3363-8636

 contato@fasthelp.com.br

Enviar mensagem

Últimas Notícias