Como aplicar a metodologia Scrum à minha equipe?

Como aplicar a metodologia Scrum à minha equipe?

 

No dia a dia de qualquer organização ou empresa, é muito importante saber conduzir os trabalhos de maneira organizada e eficiente. Existem diversas maneiras de fazer isso; uma das mais usadas atualmente é a Scrum, criada por Jeff Sutherland, piloto de avião e desenvolvedor de softwares.

O método criado por Sutherland tem sido amplamente adotado em empresas de tecnologia, mas também se espalhou em diversas outras áreas. Hoje, existem diversos livros, cursos e vídeos que ensinam como aplicar o Scrum. Veja a seguir como funciona essa metodologia e as melhores maneiras de implementa-la em seu time.

O que é Scrum?

Esse método foi criado por Jeff Sutherland a partir de sua experiência pilotando aeronaves. De acordo com ele, aterrissar uma aeronave pode ser feito de diversas maneiras e não existe um conjunto único de regras para fazê-lo. O piloto, precisa estar muito atento para lidar todas as variáveis ao mesmo e tomar decisões para que o avião pouse com segurança.

No site oficial do Scrum, o método é definido como "uma estrutura na qual as pessoas podem abordar problemas adaptativos complexos, ao mesmo tempo em que entregam, produtiva e criativamente, produtos do mais alto valor possível". Ele tem sido usado para: pesquisar e identificar mercados viáveis, tecnologias e recursos; desenvolver produtos e melhorias; lançar produtos e aprimoramentos várias vezes por dia; desenvolver e manter ambientes em nuvem e outros ambientes operacionais para uso de produto; e, sustentar e renovar produtos.

 

Quais são os princípios do Scrum?

O elemento principal dessa metodologia está centrado em uma equipe pequena, composta por poucas pessoas. Esse time tem flexibilidade e pode ser adaptado de diversas maneiras. Quando são estabelecidas redes entre essas pequenas equipes, elas continuam capazes de desenvolver, operar e lidar com milhares de processos e produtos ao mesmo tempo.

Outra base do Scrum é o empiricismo, ou seja, a ideia de que o conhecimento vem da experiência e a tomada de decisões precisa ser feita a partir do que é conhecido. Esse processo se sustenta em três pilares centrais: transparência, inspeção e adaptação.

Em primeiro lugar, é preciso que tudo esteja visível, ou seja, transparente. Nenhum aspecto do processo pode estar oculto. Os participantes precisam ter um entendimento completo do que está se passando.

O segundo pilar, a inspeção, determina que os prazos e progressos precisam ser medidos para que seja possível identificar possíveis problemas. Por último, a adaptação, a ideia de que se o processo começa a se desviar de maneira significativa, é preciso fazer ajustes para que o produto final não seja prejudicado.

 

Como funciona o Scrum?

Existem alguns passos no processo. O responsável por um projeto, chamado de "product owner" pede à equipe que desenvolve aquele projeto que olhe para uma lista de objetivos e escolha aqueles que são mais viáveis de serem desenvolvidos. Essa lista se chama "product backlog". A nova lista, chamada de "sprint backlog", é menor e será a base dos chamados "sprints".

O sprint é um período no qual a equipe se concentra para desenvolver esses itens. No mundo da tecnologia, eles duram, em média, duas semanas. Antes do início desse processo, há uma reunião chamada de "sprint planning", na qual se decide o plano de ação do sprint. Durante esse período, além do product owner, há também um scrum master, que fica responsável por ter uma visão geral do sprint e organizar o processo. Reuniões diárias, os "daily scrum", colocam todos a par do que já aconteceu, o que está acontecendo e o que vai acontecer. No final desse processo, a equipe apresenta o resultado do que foi desenvolvido e o resultado do trabalho pode ser testado.

 

Como implementar o Scrum?

Em primeiro lugar, é preciso escolher quem será o product owner, a pessoa que vai tomar conta do projeto. A equipe que vai trabalhar no projeto precisa, claro, ter todas as habilidades necessárias para seguir as instruções, trabalhar em conjunto e criar soluções criativas. O tamanho ideal, segundo especialistas é de um time com 3 a 9 pessoas.

O scrum master supervisiona o processo em si, ajudando a manter o foco e seguir os passos da metodologia. É essencial que haja uma dedicação ao product backlog, uma vez que ele será o guia principal do que será desenvolvido nos sprints. Esse mapa deve refletir as reais necessidades dos clientes.

Quando for estimar o tempo que cada melhoria vai levar para ser feita, evite estimar em tempo. Classifique os esforços como pequenos, médios ou grandes. A reunião de planejamento do sprint é crucial, uma vez que ali serão definidos os objetivos a serem alcançados e como finalizá-los.

Durante a execução do projeto, use recursos visuais para que todos saibam do andamento das tarefas. Um dos métodos mais usados é anotar cada tarefa em post-its e ir movendo os papeizinhos conforme seu status (pendente, em execução, finalizado).

A reunião diária, o daily scrum, é mais uma ferramenta que dá clareza sobre o que já foi feito e o que precisa ser feito. Ele não deve durar mais do que 15 minutos, de preferência. O scrum master ficará sabendo se existe algum problema travando o progresso do projeto e vai poder ajudar a resolver a questão.

Quando todas as tarefas estão terminadas, o sprint review demonstra o que foi feito para os envolvidos e demais interessados na empresa, incluindo clientes. Nessa apresentação, descobrimos se o que estava no product backlog conseguiu ser solucionado ou melhorado de fato durante o sprint.

Por último, a equipe se junta, product owner e scrum master incluídos, para revisar o processo, identificar falhas ou problemas, e enumerar os aprendizados.

 

Vantagens do Scrum

A metodologia Scrum pode ser usada em projetos de vários tamanhos, dos menores aos maiores. Uma vez que ela depende muito da transparência, ele garante que todos os envolvidos tenham consciência do que está acontecendo. A qualidade do produto entregue também aumenta, já que o feedback é constante. Tudo é entregue com grande rapidez, o que permite que produtos sejam atualizados constantemente.

Em resumo, o método Scrum é ágil, flexível e relativamente simples de ser implementado. Permite que novos projetos e produtos sejam melhorados, testados e lançados de maneira rápida.

 

Veja também:

Como medir o desempenho de uma equipe de TI?

 

Siga-nos

       

 

Contato:

 SIA/SUL Trecho 03 Lote 990,  Cobertura - Edifício Itaú

 CEP: 71.200-030 - BRASÍLIA/DF

 +55 (61) 3363-8636

 contato@fasthelp.com.br

Enviar mensagem

Últimas Notícias