Solicitar Contato

Iremos retornar seu contato em 24h!

8 + 11 =

Panorama FastHelp 18/5

[wtr-time]

Escrito por Natália Scalzaretto

Em 18/05/2020

Este é o Panorama FastHelp, seu resumo semanal com tudo o que acontece de mais importante sobre Tecnologia da Informação e Cibersegurança no Brasil. Confira nossos principais destaques: 

Ameaças, ataques e vulnerabilidades

Mais uma vez a pandemia está no centro das ameaças registrado na semana, conforme criminosos têm aproveitado a necessidade de informações e o uso de tecnologias de trabalho remoto para aplicar golpes. E, como se não bastasse o surgimento de novas táticas, ameaças antigas, como o ransomware WannaCry, estão mais ativas que nunca. Como alertam os especialistas da FastHelp, as notícias evidenciam a importância da cibersegurança corporativa e, principalmente, do reforço no monitoramento em tempos de pandemia.   

Cibercriminosos tentam imitar Zoom, Google Meet e até OMS para aplicar golpes

A empresa especializada em segurança da informação Check Point detectou 192 mil ataques relacionados ao coronavírus por semana entre o fim de abril e o início de maio, com bandidos tentando se passar por aplicativos de videoconferência como Zoom, Microsoft Teams e Google Meets e até pela Organização Mundial de Saúde para enganar as vítimas.

Três anos depois, WannaCry permanece como ransomware mais ameaçador

Relatório da Kaspersky mostra que o WannaCry foi responsável por 21 por cento das infecções com este tipo de malware em 2019 e segue sendo uma ameaça significativa, com um aumento de 350 por cento nos ataques do tipo no primeiro trimestre de 2020, impulsionados pelo aumento de golpes envolvendo o coronavírus.  

Criminosos lucram com venda de dados e serviços financeiros na dark web

O que é possível comprar na dark web? Segundo levantamento da empresa de cibersegurança ESET, é possível adquirir ataques hackers, lavar dinheiro por meio de bitcoins e vender servidores e informações roubados – no fim de 2019, 2.500 servidores foram vendidos só no Brasil. A pesquisa mostra o nível de refinamento das atividades criminosas e indica o perigo a que as empresas e pessoas estão expostas. 

Como a pandemia aumenta os riscos cibernéticos – e como empresas podem se proteger

O advogado Paulo de Tarso Andrade Bastos Filho faz uma análise de como a pandemia torna as empresas mais vulneráveis a ataques e as oportunidades de proteção e adequação após o adiamento da LGPD.   

Facebook anuncia exclusão de mais de 50 milhões de postagens falsas

Cerca de 50 milhões de postagens relacionadas ao coronavírus, publicadas no Facebook e no Instagram, foram removidas por serem consideradas incompatíveis com as políticas da empresa. De acordo com o Facebook, esse é mais um exemplo do esforço para combater a desinformação relacionada à pandemia. 

Proteção de dados e privacidade

Aos poucos, as empresas tentam se adaptar à realidade do trabalho remoto e ampliar sua cibersegurança para resistir ao aumento dos ataques em tempos de pandemia. Embora o adiamento da LGPD tenha garantido um prazo maior para que as companhias se adequem às novas exigências para a proteção de dados, isso não significa que é possível deixar a estratégia de cibersegurança para depois. Casos como a condenação do Facebook citada abaixo mostram que a Justiça está cada vez mais atenta para proteger o consumidor, movimento que certamente será ainda mais rígido após a entrada em vigor da LGPD. 

WhatsApp clonado! Juíza de Brasília condena Facebook a indenizar e reembolsar vítimas de golpe

O Facebook foi condenado a indenizar três vítimas que tiveram suas contas de WhatsApp clonadas. Os perfis dos usuários do aplicativo foram bloqueados pelos criminosos e usados para pedir dinheiro a outras pessoas. Apesar de a empresa alegar que as vítimas não seguiram procedimentos de segurança, a juíza considerou que a demora no atendimento – de três dias, em um dos casos – foi uma falha de serviço grave, e determinou pagamento de R$ 2000 a cada uma das vítimas, além de ressarcir amigos de uma delas, que sofreram R$ 10.115 em prejuízos.

Dois terços dos brasileiros em home office não receberam treinamento de cibersegurança

Em meio ao crescimento de ataques cibernéticos durante a pandemia de Covid-19, o site CIO relata como a falta de treinamento dos profissionais em relação à cibersegurança se torna um risco adicional para as empresas. 

Covid: a proteção de dados contra o “panóptico digital”

O advogado Spencer Sydow comenta, em entrevista, as implicações do adiamento da LGPD para a proteção de dados pessoais, especialmente em relação ao monitoramento de dados de celulares para o combate ao coronavírus. 

Novas tecnologias e transformação digital 

Em paralelo ao crescimento das ameaças e à disseminação do Covid-19, empresas de todo o mundo lutam para desenvolver novas tecnologias que contenham o vírus físico e os virtuais. As notícias parecem promissoras, mas vale lembrar que estas tecnologias ainda estão em desenvolvimento. Por enquanto, até que se descubra um medicamento eficaz ou vacina, a única arma contra o coronavírus segue sendo o distanciamento social. Já para a cibersegurança, não existe uma solução única: a melhor pedida sempre será uma estratégia abrangente de cibersegurança. E, para isso, você pode contar com o suporte da FastHelp.    

Microsoft e Intel trabalham em nova técnica para detectar malwares

O projeto Stamina converte códigos maliciosos em imagens em tons de cinza que podem ser inseridas em uma rede neural profunda pré-treinada. A partir de então, o sistema analisa as figuras e as classifica como “limpas” ou “infectadas”. Até o momento, a tecnologia obteve 99% de precisão da classificação de malware e apenas 2.6 por cento de resultados falsos positivos.  

Contact Tracing: como Apple e Google querem usar Bluetooth contra covid-19

O site UOL explica como funcionará o sistema de monitoramento anônimo via bluetooth que avisará se pessoas tiveram contato com outras que foram infectadas pelo coronavírus. Usuários registrarão no aplicativo se testaram positivo ou não para a doença. Essa informação poderá ser transmitida de forma anônima a aparelhos iOS e Android. A tecnologia foi disponibilizada ao ministério da Saúde e as autoridades decidirão se adotarão a tecnologia ou não.    

Mercado de trabalho e Carreira na TI 

O setor de TI é conhecido por ser naturalmente dinâmico e a pandemia tem acelerado ainda mais as mudanças e oportunidades de carreira. Apesar da previsão de queda dos investimentos, como noticiamos semana passada, novos dados mostram que ainda há vagas para profissionais qualificados, mesmo com a crise. Outro ponto importante a ficar atento são as mudanças na legislação trabalhista. Confira os detalhes:   

TI pede mais flexibilidade nas relações de trabalho durante a Covid-19

O site Convergência Digital informa que as empresas do setor de TI estão se mobilizando para ampliar os efeitos das MPs 927 e 936, que flexibilizam regras trabalhistas em meio à pandemia. O objetivo é estender até 2022 a desoneração da folha de pagamento das empresas, a possibilidade de comunicar atividades como dispensa e férias por meio eletrônico e prazo maior para recolhimento do FGTS. 

Setor de TI registra alta na contratação de líderes mesmo na pandemia

De acordo com a empresa de recrutamento Wyser, especializada em cargos de gerência, o número de vagas para executivos de tecnologia cresceu 318% nos últimos dois anos e mesmo durante a pandemia ainda há posições em aberto no mercado brasileiro. 

Você também pode gostar de…

O que a TI pode aprender com a guerra na Ucrânia
O que a TI pode aprender com a guerra na Ucrânia

A guerra na Ucrânia é, sem sombra de dúvida, uma tragédia. Mas, além da crise humanitária criada pela destruição de cidades e morte de civis, o conflito também está ocorrendo em uma dimensão invisível, mas com potencial não menos destruidor: o ciberespaço.  Pela...

Conheça o SIEM, ferramenta que potencializa o SOC
Conheça o SIEM, ferramenta que potencializa o SOC

          Entre os profissionais de TI, existe o consenso de que quanto maior a visibilidade em um ambiente de TI, mais fácil é protegê-lo. Na prática, com estruturas espalhadas em servidores internos, plataformas de nuvem e os funcionários acessando a rede interna...

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Entre em contato conosco

You have Successfully Subscribed!

Política de Privacidade

Este site usa cookies para fornecer seus serviços e melhorar sua experiência no site. Ao utilizar nosso portal, você concorda com o uso de cookies e nossa política de privacidade.

You have Successfully Subscribed!