Solicitar Contato

Iremos retornar seu contato em 24h!

3 + 2 =

Panorama FastHelp – 27 de Abril de 2020

Tempo de Leitura: 6min

Escrito por Natália Scalzaretto

Em 27 de April de 2020

Este é o Panorama FastHelp, seu resumo semanal com tudo o que acontece de mais importante sobre Tecnologia da Informação e Cibersegurança no Brasil. Confira nossos principais destaques: 

Privacidade

As implicações do monitoramento de celulares para o combate à Covid-19 seguem no centro das análises sobre privacidade no Brasil. Embora o governo federal tenha decidido não utilizar a ferramenta para monitorar aglomerações, ao contrário dos estados, a MP que permite que as empresas de telefonia compartilhem dados de usuários com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), para a realização de pesquisas econômicas, causou polêmica, até ser barrada pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal. Separamos algumas reportagens que tratam do tema, confira: 

OAB pede no STF derrubada da MP 954, que ameaça a privacidade dos usuários de telefonia. Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vai ao Supremo Tribunal Federal pedir a revogação de medida provisória que autoriza que empresas de telefonia compartilhem dados como nome e CPF de seus clientes com o IBGE. 

Coronavírus: Uso de dados de geolocalização contra a pandemia põe em risco sua privacidade? Embora o presidente Jair Bolsonaro tenha proibido o uso de dados de geolocalização pelo governo federal no combate à Covid-19, estados como Rio de Janeiro e São Paulo já fecham parcerias com empresas de telefonia para usar essas informações. Qual o impacto dessa decisão na privacidade dos usuários.

Os efeitos da pandemia sobre a privacidade de dados. Luta contra a Covid-19 levanta questões sobre os limites do uso de dados pessoais por governos. Implementada em países como Coreia do Sul e China, como funcionaria esta abordagem no Brasil?

Pesquisadores apontam celulares como ‘arma’ contra a Covid-19. Em um momento em que diferentes setores correm contra o tempo para parar o avanço do novo coronavírus, especialista apontam que sistemas de geolocalização de celulares podem ser usados como “arma” contra a doença.

A guerra contra a pandemia e os riscos à privacidade: lições aprendidas com o combate ao terrorismo. O 11 de setembro trouxe lições valiosas sobre a privacidade de dados, resultando na criação de leis como o Ato Patriótico nos EUA e a Lei de Proteção de Dados no Brasil. Porém que exceções à privacidade traz uma crise de saúde pública?

Proteção de Dados

Mesmo sem uma definição por parte da Câmara dos Deputados sobre eventual adiamento da LGPD para Janeiro de 2021, os potenciais impactos da medida seguem em pauta na imprensa especializada em tecnologia. A tendência evidencia a importância de que as empresas mantenham os preparativos para a entrada da lei em vigor, mesmo em meio à pandemia da Covid-19. Confira abaixo alguns dos principais artigos sobre o tema: 

Prorrogação da vigência da LGPD: ilusões e incertezas em meio à Covid-19. Em meio à pandemia da Covid-19, Senado autoriza postergação da entrada em vigência da Lei de Proteção de Dados para janeiro de 2021. Entretanto, para especialistas, “o próprio mercado já exige das empresas o cumprimento da Lei mesmo antes de sua vigência”.

Blockchain, proteção de dados e o controle dos dados comercialmente sensíveis. Ainda que nem todos os dados administrados por empresas são considerados privados, de acordo à nova Lei de Proteção de Dados, os direitos do titular dos dados devem levados em consideração no design da soluções blockchain. 

Lei de Dados será o novo “código do consumidor”. De acordo com especialistas, nova Lei de Proteção de Dados vai garantir que dados pessoais disponíveis no mundo virtual não sejam usados de forma abusiva.

Estamos criando o novo normal do trabalho, diz CEO da Accenture no Brasil. Para CEO da consultora Accenture, se está criando uma nova cultura de trabalho que deverá permanecer mesmo após a pandemia. “Não podemos partir do pressuposto que se amanhã acabar vamos voltar para aquilo que era,” disse.

Segurança

Infelizmente o aumento do trabalho de remoto e a busca por informações sobre a Covid-19 têm sido explorados por criminosos. Para as empresas, o cenário se torna ainda mais desafiador, uma vez que é preciso garantir a continuidade das operações e, ao mesmo tempo, redobrar os cuidados com a segurança. Abaixo, reunimos algumas das principais ameaças descobertas essa semana. Confira os artigos para se manter informado e, se precisar de ajuda para ampliar a segurança de sua empresa entre em contato com nossos especialistas aqui

Aumento nas videoconferências apresenta risco à privacidade. Com o aumento no número de videoconferências durante a crise da Covid-19, mais webcams estão sendo utilizadas ao mesmo tempo. Isso deixa os usuários mais vulneráveis ao tipo de ataque online conhecido como “camfecting”, quando hackers controlam câmeras remotamente.

Phishing com o tema Covid-19 visam ao setor de saúde e organizações governamentais. Pesquisadores descobriram que desde o surgimento do novo coronavírus, ataques cibernéticos conhecidos como “phishing” estão focados principalmente em entregar vírus ao setor de saúde e organizações governamentais.

Pagamentos com ransomware caem, mas ameaça permanece em meio à pandemia. Lucros oriundos de ataques de ransomware diminuem ao redor do mundo, mas especialistas alertam para o crescimento no número de ataques. Setor de saúde provavelmente se tornará o novo alvo dos hackers.

Hackers atacaram empresas 22 milhões de vezes nos últimos 7 dias em todo o mundo. Foram registrados mais de 22 milhões de ataques por hackers ao redor do mundo apenas na última semana. Ataques de malware contabilizam 63% de todas as ofensivas.

Nintendo confirma invasão e exposição de dados de 160 mil contas. A produtora de vídeo-games Nintendo confirmou esta semana que pelo menos 160 mil contas em seu serviço online, conhecidas como “Nintendo Accounts”, foram acessadas ilegalmente desde o início de abril.

Você também pode gostar de…

Congresso decide que LGPD vale para 2020, mas dúvidas permanecem
Congresso decide que LGPD vale para 2020, mas dúvidas permanecem

Em abril, o Congresso mudou a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados. Em vez de agosto de 2020, a implementação passaria para janeiro de 2021. Em seguida, o presidente Jair Bolsonaro publicou a Medida Provisória 959/2020, adiando a vigência da lei ainda mais, para...

LGPD é adiada para maio de 2021. O que muda para a sua empresa?
LGPD é adiada para maio de 2021. O que muda para a sua empresa?

Após o Senado adiar a implementação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), uma medida provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro em 29 de abril estende ainda mais o prazo — adiando a LGPD para 3 de maio de 2021. Ou seja, as empresas terão nove meses a mais...

Panorama Fast Help –  4 de Maio
Panorama Fast Help – 4 de Maio

Este é o Panorama FastHelp, seu resumo semanal com tudo o que acontece de mais importante sobre Tecnologia da Informação e Cibersegurança no Brasil. Confira nossos principais destaques:  Ataques e segurança Criminosos seguem se aproveitando do desespero causado...

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Entre em contato conosco

You have Successfully Subscribed!

Política de Privacidade

Este site usa cookies para fornecer seus serviços e melhorar sua experiência no site. Ao utilizar nosso portal, você concorda com o uso de cookies e nossa política de privacidade.

You have Successfully Subscribed!