TI verde: a sua empresa está preparada para esta nova tendência global?

Tempo de Leitura: 5min

Escrito por Natália Scalzaretto

Em 17 de April de 2020

A Microsoft começou 2020 surpreendendo o mundo ao anunciar que pretende neutralizar as emissões de carbono da empresa até 2030. Além disso, compensará todas as emissões que já produziu na história da empresa até 2050. A companhia também lançará um fundo de 1 bilhão de dólares para acelerar o desenvolvimento de tecnologias para a redução, captura e remoção das emissões de carbono em escala global. O movimento da gigante global reacendeu o debate sobre a chamada TI verde, ou seja, o uso mais racional dos recursos (especialmente a energia) por empresas de tecnologia. 

O conceito surgiu na última década e se tornou extremamente relevante em meio a uma economia cada vez mais digitalizada: afinal, se todas as empresas utilizam tecnologia e as mudanças climáticas são um problema global, então é um dever de todos tornar seus processos tecnológicos mais eficientes e sustentáveis.  

Tecnologia: vilã ou heroína?

Por um lado, é inegável que a tecnologia trouxe benefícios ao meio ambiente, desde a economia de papel até a economia compartilhada, que ajuda a otimizar recursos em vários setores, como transporte. 

No entanto, a produção de equipamentos de hardware é apontada como uma atividade extremamente poluente, devido ao uso de metais pesados. E o elevado consumo de energia para manter data centers gigantes operando 24 horas por dia gera grandes emissões de carbono.

A solução está no uso mais eficiente dos recursos e em um conjunto de medidas que possa compensar o impacto de atividades que não podem ser totalmente eliminadas. 

Um caso de sucesso é a política de TI verde de Estocolmo, capital da Suécia. A cidade estabeleceu em 2009 um plano para se tornar a capital mais verde da Europa até 2030 e colocou a TI no centro de sua estratégia. A ideia é utilizar sistemas inteligentes para reduzir o consumo de luz, aquecimento e ventilação dos imóveis, bem como otimizar os sistemas de tráfego para permitir maior fluidez no trânsito (além de priorizar transportes que não utilizam combustíveis fósseis). 

Além disso, a administração da cidade quer usar cloud e outras tecnologias para reduzir o uso de papel, melhorar a burocracia e também pretende incluir alternativas sustentáveis para licitação. 

Um dos exemplos de como essa junção de TI e ambiente está sendo bem-sucedida na cidade é colégio Östra Real, construído em cima de um hub de data centers. Com o calor gerado pelas máquinas, a escola consegue suprir todas as suas necessidades de aquecimento no verão e reduzi-las em 10% no inverno. 

O que a sua empresa pode fazer?

É claro que uma grande cidade ou corporação têm muito mais recursos para realizar tornar seus ambientes de TI mais sustentáveis, mas isso não significa que empresas menores não possam fazer a sua parte. Entre as medidas que podem ajudar estão:

  • Criar uma cultura de combate ao desperdício e bom uso dos recursos. Muitas vezes um pequeno esforço por parte dos funcionários pode se tornar uma grande medida corporativa. Substituir o uso de papel impresso for documentos digitais ou desligar o computador à noite estão entre os hábitos que não exigem grandes investimentos e podem gerar economias significativas ao longo do tempo. 
  • Virtualizar ambientes gera mais produtividade e sustentabilidade. A virtualização é um sistema que simula as funções de um hardware a partir de um software. A técnica é conhecida pelo ganho de produtividade que gera às empresas ao permitir que um único servidor seja usado para executar diferentes sistemas e aplicações. No entanto, ao reduzir a necessidade de equipamentos de hardware, ela colabora para diminuir o consumo de energia e gastos com refrigeração. A Nutanix, parceira da FastHelp, oferece soluções de hiper convergência que utilizam virtualização e hardware com selos de economia de energia, ou seja, benefícios em dobro.  
  • Modernizar soluções e equipamentos ajuda a otimizar recursos. Trocar equipamentos antigos, com alto consumo de energia, por equipamentos mais modernos pode reduzir automaticamente as emissões de carbono da sua empresa. Equipamentos como os access points de Wi-Fi da Aruba Networks, uma parceira da FastHelp, já vem com a função Green AP, que permite desligar access points que não estão sendo utilizados, reduzindo o consumo de energia. 

Custo ou oportunidade? 

De fato, medidas mais abrangentes como a troca de equipamentos e uso de energias mais limpas exigem um esforço financeiro da empresa. No entanto, as ações para uma TI mais verde também podem se converter em oportunidades, como o mostra o estudo “TI Verde: uma análise dos principais benefícios e práticas utilizadas pelas organizações”, publicado pela Revista Eletrônica de Administração. Nele, os pesquisadores Guilherme Lerch Lunardi, Renata Simões e Ricardo Saraiva Frio elencam os seguintes benefícios obtidos por empresas que adotaram práticas de TI verde:

  1. Redução de custos
  2. Redução de insumos
  3. Redução de consumo de energia
  4. Imagem institucional
  5. Redução de emissão de gases
  6. Redução do lixo eletrônico
  7. Maior ciclo de vida
  8. Economia de espaço
  9. Economia de papel

Os pesquisadores acrescentam que o principal motivador para essa mudança de comportamento tem sido o fator econômico, uma vez que a maioria dessas medidas gera cortes de custos e ou aumento de faturamento, por meio de benefícios ligados à imagem da empresa. 

Eles também observaram que a substituição dos datacenters e equipamentos obsoletos, que exigem maior gasto, “aparecem como as práticas cujo retorno financeiro é o mais rápido e, por consequente, as mais impactantes na redução de custos da organização”.

Você também pode gostar de…

Temos vaga para Analista de Projetos
Temos vaga para Analista de Projetos

Você tem formação superior na área de Tecnologia da Informação ou Administração? Tem experiência na área de Analistas de Projeto em Tecnologia? Tem cursos adicionais na área de Projetos? E no final de tudo, deseja ser um Helper e ter desenvolvimento profissional...

5 formas pelas quais a FastHelp impulsiona a sua cultura da integridade
5 formas pelas quais a FastHelp impulsiona a sua cultura da integridade

Ainda estamos no meio do ano, mas sem sombra de dúvida já podemos dizer que 2020 transformou o cenário para as empresas para sempre. Além dos desafios sanitários e econômicos trazidos pela pandemia de Covid-19, movimentos como #BlackLivesMatter e a chegada do Sleeping...

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Entre em contato conosco

You have Successfully Subscribed!

PROMOÇÃO KASPERSKY PARA EMPRESAS DA SAÚDE

Nossa parceira Kaspersky está com uma iniciativa para proteger quem trabalha com saúde nesse momento de crise. Estamos com diversas soluções para a segurança do ambiente digital com um preço especial.


CONTATO

You have Successfully Subscribed!

Política de Privacidade

Este site usa cookies para fornecer seus serviços e melhorar sua experiência no site. Ao utilizar nosso portal, você concorda com o uso de cookies e nossa política de privacidade.

You have Successfully Subscribed!